Arquivos da categoria: Uncategorized

Tunewiki um player matador para o Google Phone

O Google Phone foi lançado hoje. O nome do telefone é o G1 fabricado pela HTC. Nem preciso dizer que o telefone é bacana. Você pode conferir um pequeno vídeo dele abaixo:

Mas o que realmente me impressionou foi um app que foi lançado para o Android, o Tunewiki. O Tunewiki é um player de mídia que tem recursos impressionates, tais como:

  • sincroniza letras das musicas com vídeo ou audio
  • compartilhamento de informações de músicas com outros usuários, assim como o Last.fm
  • suporte para videos do Youtube
  • e muito mais…

Veja o vídeo de apresentação do Tunewiki abaixo:

Mais informações sobre o Tunewiki no site oficial.

Voltando a programação normal.

Desculpe pessoal!.

Nestas últimas semanas tive problemas com o blog (que foi arrumado), com minha máquina de trabalho, na verdade as duas (que também ja foi providenciada uma solução). Por isso fiquei sem postar absolutamente nada de interessante.

Estou voltando a programação normal.

Software: Receba arquivos pela web usando o Droopy

Droopy

Droopy

Várias vezes já precisei receber um arquivo que não dava pra enviar por email ou via IM.

Ai é que entra o Droopy. Ele cria um pequeno servidor web que serve para receber arquivos. Ele é feito em Python e o funcionamento é bem simples:

1) faça o download do programinha aqui;

2) salve o arquivo. Aqui vou salvar com o nome de droopy;

3) transforme ele em executável, abra o terminal e digite:

chmod +x droopy.

4) ative o droopy. No terminal digite:

python droopy -m "Oi estou testando o Droopy" -p tux.png

Desmontando a linha temos:

python droopy – ativa o script.

-m “Oi estou testando o Droopy” – escreve uma mensagem de boas personalizada no formulário.

-p tux.png – aqui se coloca uma imagem no formulário.

Por definição, o server roda na porta 8000 da sua máquina. Se quiser mudar a porta é só colocar a porta que quer usar:

python droopy -m "Oi estou testando o Droopy" -p tux.png 4500

Neste exemplo mudei a porta de 8000 para 4500.

Para enviarem arquivos para a sua máquina, é necessário que a pessoa que vai usar o formulário saiba o número do seu ip para ter acesso ao formulário. Pra facilitar a vida, na página do formulário tem um botão que está no canto superior direito, escrito ” Discover the address of this page“.

Ao clicar neste botão, o Droppy mostra uma página com o número atual do seu ip, mais a porta, para você enviar para quem você quiser.

Veja um screenshot:

Droopy Screenshot

Droopy Screenshot

O Droppy é liberado pela Python Software Foundation License.

Mais informações em http://stackp.online.fr/

Tutorial: Instalando o Opentape

Atenção: Colocar arquivos de áudio disponíveis ao público sem permissão ou sem pagar os direitos autorais é considerado ilegal. Não nos responsabilizamos por qualquer problema jurídico que ocorra neste sentido.

Para instalar o Opentape você precisa de:

  • Um servidor Web com PHP5, de preferência Linux (outras marcas pesam no estômago)
  • O pacote do Opentape (que você pega aqui)
  • Um programa de FTP


Modo de Preparo:

Pegue o pacote do Opentape e extraia no seu desktop. Será criado uma pasta com o nome opentape.

Com o programa de FTP envie a pasta para o servidor.

Com a pasta já no servidor abra seu navegador e digite o endereço onde está a pasta:

http://seu_site.com.br/opentape

Feito isso abriá uma janela para colocar sua senha.

Colocada a senha você verá uma tela como essa:

Painel de controle do Opentape

Painel de controle do Opentape

A configuração do Opentape é bem simples. Temos duas abas de configuração. A principal (Edit Tape) e a de Configurações (Settings).

Na pagina principal do painel de controle (Edit Tape) tem uma parte chamada “The Basics“. Lá você coloca o título (Title) para a “fita” e uma descrição (Caption).

Aqui também tem uma opção para você selecionar uma cor para o topo do site (Color).

Opentape The Basics

Opentape The Basics

Logo abaixo temos a opção “Upload Songs“. Aqui é onde enviamos os arquivos MP3 para o servidor. Aqui podemos enviar músicas até 7mb acima disso recomenda-se enviar diretamente usando um progama de FTP. Caso queira enviar a música por FTP, abra o programa e abra a pasta “opentape” (ou o outro nome que usou) que está no servidor. Abrindo essa pasta selecione a outra pasta chamada “songs” e coloque o MP3 lá.

Opentape Upload Songs

Opentape Upload Songs

Logo abaixo temos a opção “Rearrange Songs“. Nela organizamos a posição das músicas no playlist. Pra fazer isso simplesmente clique e arraste a música para a posição desejada.

Abra a aba Settings. Aqui temos poucas opções, a primeira é “Sharing / Network Features“. Nessa opção temos duas caixas de seleção:

Display direct MP3 links on mixtape” essa opção, se ativada, coloca um link para fazer o download do MP3.
Automatically check for updates to Opentape (weekly)” essa opção checa, semanalmente, se existe algum upgrade do Opentape.

Abaixo temos a opção “Embed Your Mix“. Aqui podemos colocar um player em flash em um site/blog, contendo o playlist que você criou. Para fazer isso é só copiar o código que está abaixo e colar no seu site/blog.

Por ultimo temos a opção “Change Your Password”. Aqui podemos mudar a senha para o painel de controle do Opentape.

Lembrando novamente: a responsabilidade é SUA pelo conteúdo que disponibilizar publicamente via Opentape, bem como as implicações legais que isso acarreta.

Web: Opentape uma alternativa ao Muxtape

Opentape website

Opentape website

Eu ja escrevi aqui que o Muxtape, serviço que cria e hospeda fitas de audio virtuais, está desativado.

Esse serviço era bacana e deixou uma porção de usuários órfaos… Mas não por muito tempo. Descobri hoje um substituto natural do Muxtape o Opentape. O Opentape funciona da mesma maneira que o Muxtape, só que com uma grande diferença: você instala um pacote no seu sevidor e hospeda suas própria versão do Opentape.

Apesar da grande vantagem, de poder customizar totalmente sua fita, existem alguns senãos: não é possível procurar por outras fitas, feitas por outros usuários, para ouvir, não é todo mundo que tem um servidor disponível para instalar o Opentape;

Se esses dois senãos não são problema pra você, então instale ele no seu servidor.

No proximo post eu vou mostrar como instalar o Opentape.

OpenXML vai ser aprovado pela ISO

Para entender o que isso quer dizer, recomendo que veja esse bate-papo entre Sérgio Amadeu, Deivi Kuhn e o Jomar Silva.

Mas se quiser entender a diferença entre o OpenXML e o ODF rapidamente, é mais ou menos o seguinte:

OpenXML = ter que usar o Microsoft Office que custa caro. O próprio formato OpenXML está cheio de problemas técnicos (veja o vídeo).

ODF = você pode usar vários outros programas gratuitos e disponíveis para qualquer um. Usando o ODF você economiza um bom dinheiro com a compra de licenças do Windows e do MS Office.

Para se ter uma idéia da economia que isso gera: a IBM e o Metrô de São Paulo deixassem de usar o MS Office e passaram a usar o OpenOffice, que salva os arquivos em ODF.

Se quiser usar o ODF para criar seus documentos e economizar uma grana no processo, use o OpenOffice.

Mais informações em homembit.com

Muxtape fechado pelo RIAA e Pandora na berlinda.

A algum tempo eu tinha achado um site chamado Muxtape. Lá você fazia o upload de músicas e montava uma fita virtual. O serviço era bem bacana.

Era, pois a RIAA conseguiu fechar o site “temporariamente”. O problema: pagamento de taxas, vulgo direitos autorais.

Esse problema também ameaça um outro site que tinha um serviço de radio on-line: o Pandora.

Ao menos aqui no Brasil, os podcasters conseguiram uma forma de lidar com o problema. A ABPOD (Associação Brasileira de Podcasters) conseguiu um acordo com o ECAD que permite que os produtores de podcast paguem um valor mínimo de taxas.

Aqui o ECAD entendeu que esse pode ser um novo filão para ser explorado. Nesse aspecto estamos muito bem, obrigado. Bem diferente dos americanos.

Será que a indústria da música não vai cair em si e sacar que todos esses serviços acabam por divulgar ainda mais os trabalhos dos artistas e, conseqüentemente, das gravadoras? Dificilmente.

Quanto ao Muxtape e o Pandora, só nos resta esperar pra ver o andar da carruagem…

Porque Michael Phelps é tão rápido na água?

Michael Phelps usando a Speedo LZR RACER

Michael Phelps usando a Speedo LZR RACER

Que o cara é um tubarão seria uma boa explicação, mas não.

Não sabia que Michael Phelps é um nada pela marca Speedo. E a marca, em 14 de Abril, lançou uma roupa para nadadores, a Speedo LZR Racer, quem tem como uma das suas características promover um ganho de velocidade do atleta na água.

A Associated Press, já tinha comentado da relação Phelps com a Roupa:

Phelps conseguiu quebrar o recorde dos 400 metros medley, em 30 de Junho, se qualificando para a olimpíada de Beijing, detalhe: usando a roupa.

Concorrência desleal ou implementação válida de recursos tecnológicos? O que acham?