Desenvolvimento no Linux: O que tem na sua “caixa de ferramentas”?

Li um artigo do pessoal do smashingmagazine.com que me fez lembrar quando iniciei a fazer webdesign… E isso faz um bom tempo:

Quando iniciei, o Machintosh era um sonho distante (e caro) e a única coisa que tinha nas mãos para trabalhar era um PC com:

  • processador AMD Atlhon 800;
  • 250 mb de memória RAM;
  • 20 gb de disco rígido;
  • um monitor de tubo 17″ Samsung.

Mesmo nos idos de 1900 e guaraná com rolha, essa configuração não era nada estupenda, pelo contrário.

Na época eu estava engatinhando com Linux. Era uma alternativa muito barata e mais estável do que usar o então Windows 98. Uma outra coisa importante era o software que eu usaria.

Sempre pesquisei,  algumas alternativas boas para trabalhar no windows e nunca tinha achado algum app que fosse bom e que coubesse no bolso. Mais um ponto para o Linux.

Quando iniciei, eu utilizava a dupla Vim + Gimp. Minha opção pelo Gimp foi óbvia: era (e ainda é) o melhor software de edição de imagens para o Linux. Ponto.

Porém com o editor de textos não foi assim. Testei alguns até chegar no Vim. Sempre gostei de coisas mais espartanas, simples de usar. Mas, ainda bem que os tempos mudaram.

Hoje em dia dá pra se comprar uma máquina relativamente rápida sem gastar os tubos. Quanto ao software: atualmente existem uma infinidade de editores de texto e imagem para Linux nos quais você, que está começando a fazer Webdesign (ou você que quer se aventurar em outras águas), pode aprender/trabalhar confortavelmente.

Hoje, minha caixa de ferramentas tem:

Esses são os aplicativos base que eu uso, pois sempre estou testando outras ferramentas e formas mais eficientes de realizar meus projeto.

Agora me conte, o que você tem na sua caixa de ferramentas?