Arquivo da tag: Blog

Movable Type: lançando guia de upgrade para o WordPress 2.5 (???)

Hoje achei artigo bem interessante porém estranha: A WordPress 2.5 Upgrade Guide.

Levando-se em consideração que, até a data de hoje, o WordPress 2.5 não foi lançado. Então como diabos lançam um Guia de Upgrade para o WordPress?

Mas aqui está a pegadinha: quem escreveu esse artigo foi o pessoal da Six Apart. Pra quem não conhece esses caras produzem um gerenciador de blog chamado Movable Type.

Eles aproveitaram o momento em que se falam tanto dessa nova versão do WordPress que resolveram se utilizar de técnicas de SEO para conseguir chamar a atenção dos desatentos.

O artigo é extenso e fala sobre as vantagens do Movable Type sobre o WordPress (lógico). Porém a única coisa que não comentam é o preço: 295.95 Dólares.

Existe uma versão gratuita dele, porém só é válida para uso pessoal. Se você quiser criar um blog para uso profissional com essa versão, pode esquecer!

O Movable Type até tem vários recursos interessantes, mas não acho que justifique gastar quase 300 Dólares para ter uma licença.

E vocês o que acham? Vão de Movable Type ou WordPress 2.5?

WordPress: entrando na era dos microblogs com o Prologue

Prologue WordPress Theme

Prologue. Esse é o nome do tema que vai colocar o WordPress na era do microblogging

Esse tema está sendo desenvolvido pelo próprio pessoal da Automatic, criadora do WordPress exclusivamente para micro-blogging. Uma coisa interessante sobre ele é que nativamente é um tema para grupos de usuários. Ele também suporta gravatars.

Vendo o demo desse tema, ele é a lembra muito o Twitter, porém com um visual mais interessante.

Uma outra coisa que merece atenção é o uso do sistema nativo de tags do WordPress. Isso acaba dando uma possibilidade maior de busca de assuntos, coisa que no Twitter sequer existe.

Creio que esse tema acertará em cheio aqueles usuários que ja possuem um sistema de agregadores de blogs, vulgo planetas, que querem ter um canal a mais para expor suas idéias rápidas, mas em um contexto muito mais organizado e centralizado do que o Twitter.

Um outro uso que eu vejo para esse tema é no uso dele para Intranets. Imagine uma empresa usando o WordPress, juntamente com esse tema, para centralizar a comunicacão de um time de criacão, por exemplo.

Ponto para o pessoal da Automatic.

Quer testar esse tema? Pegue ele aqui.

Movable Type: o retorno

A ferramenta de publicação, e/ou gerenciamento de blogs, Movable Type voltou.

Na sua versão 4 existe a possibilidade de se fazer o download gratuito para uso pessoal e não comercial. Procurei informações sobre a licença usada nesse release mas não achei nada.

Lembro que muitos blogueiros usavam o MT e deixaram de usar justamente pela mudança da licença.

Mas por $235.95 por 5 licenças (esse é o mínimo que vendem), prefiro ficar com o meu bom e velho WordPress e se as coisas ficarm melhores no desenvolvimento, passo até a usar o Habari.

Para quem quiser testar ou quiser se aventurar a usar o MT dê uma olhada no site deles.

Rascunho + Videocast = Sketchcast

Eu gosto bastante de colocar minhas idéias no papel.

Sempre faço anotações e rabiscos para criar sites ou projetos. Acho muito mais efetivo e produtivo fazer no papel antes de colocar a mão na massa.

Agora veja só: um cara chamado Richard Ziade ,fez um videocast mas usando rabiscos feitos a partir de uma mesa digitalizadora… O nome disso é Sketchcast.

Gostei bastante da ideia e o vídeo introdutório está bem interessante.

Uma coisa comentada no video é a rapidez na qual você exibe suas idéias. E realmente isso é verdade. É muito mais rápido rabiscar idéias mais complexas rabiscando mesmo do que escrevendo um texto.

Um bom exemplo: quantas vezes você ja teve que rabiscar em um pedaçode papel um mapa pra chegar a um determinado lugar???

Sem dúvida é uma ideia muito boa.

O único problema é que esse tipo de exposição de idéias não tem uma cara polida e portanto pouco profissional.

De qualquer forma vale uma avaliação.

Bardo 2.0: usando mashups para contar historias.


Para ser um bardo da era Web 2.0 voce precisa de:

  • Google Maps;
  • um gerenciador de conteudo ou de blog;
  • um celular com camera;
  • muito Javascript;
  • um pouco de fotos e textos bacanas.

Junta tudo isso e voce vai ter o Hitotoki. Essa é uma maneira interessante de se contar historias da, infelizmente, cidade de Tokio.

Voce conta a historia e marca o lugar onde ela se passou. Bacana não?

Acho que isso acaba humanizando os dos visitantes, pois quando sabemos onde foi que ocorreu o fato, toda a experiência fica muito mais tátil.

Excelente serviço! Pena que (por enquanto) nao exista nada parecido por essas bandas.

Aviso de linguagem inapropriada em blogs

Esse blog contém linguagem inapropriada para menores de 15 anos.

Imagine esse aviso em todos os blogs? É o que propõe Tim O’Relly em uma entrevista para a BBC News.

Segundo ele, muitos blogs tem uma linguagem imprópria para determinado público. Tim sugere que um código de conduta deva ser adotado pelos blogueiros.

Realmente uma coisa pra se pensar a respeito… O que vocês acham?

Referência

Blogar via celular: será que é prático?

Não teve jeito. Tive que trocar de celular… O meu antigo Nokia se acabou no cumprimento do dever e para substituir eu peguei um Sony Ericsom 550i devido aos comentários do Marcus do Visual Media.

Ele falou tanto do dito cujo que fui obrigado a ver se era tudo isso mesmo. E não é que era mesmo?!. Depois faço um review e mando pro ZabazabaZ ;).
Na loja a vendedora foi me falando dos recursos que ele tem. Depois de alguma conversa ela disse que poderia mandar e receber emails pelo celular.

Nesse momento eu lembrei de uma matéria que eu li, se não me engano, na revista Isto É, sobre blogs e que tinham pessoas que já faziam isso via celular.

E fiquei me perguntando: será que blogar via celular é tão prático quanto fazer isso usando os softwares clientes ou via painel de controle? Qual seria a vantagem de blogar via celular?

Sei que fazer isso via palm ou é mole, e a Bia faz isso com maestria, mas e em um dispositivo com dimensões mais limitadas e sem o bom e velho teclado abnt2 pra ajudar?

Com isso em mente resolvi escrever alguns posts com ele, pra ver no que dá, e depois comento os resultados desse teste.