Arquivo da tag: Dicas

Dica: usar o Twitter via terminal

Achei uma dica muito boa para postar tweets no Twitter via terminal. Pra fazer isso faça o seguinte:

1) abra seu editor de textos favorito;

2) cole o código abaixo:


#!/bin/bash
echo "Digite sua mensagem."
read MSG
echo $MSG > characters
echo "Tamanho da mensagem"
wc -c characters
echo "Digite sua senha do twitter..."
read -s PW
wget --keep-session-cookies --http-user=your.email@address.here --http-password=$PW
--post-data="status=$MSG"

http://twitter.com:80/statuses/update.xml

echo "Mensagem enviada :)."

3) salve o arquivo com um nome sugestivo. Por exemplo: twitta_ai.sh

4) dê permissão de execução para o twitta_ai.sh:

chmod +x twitta_ai.sh

5) use o script:


./twitta_ai.sh

Esse script eu achei no site shell-fu

Download: CodeWeavers libera seus produtos gratuitamente para download somente hoje

Logo CodeWavers

Logo CodeWavers

Preparem seus gerenciadores de downloads: A CodeWeavers libera gratuitamente, somente hoje versões desbloqueadas dos seus produtos:

  • Download CrossOver Mac Pro
  • Download CrossOver Games Mac
  • Download CrossOver Linux Pro
  • Download CrossOver Games Linux

Corra e faça o download na codeweavers.com

Dica: Transforme um arquivo FLV em DVD usando o flv2dvd

DVD

DVD

Vamos usar o programa flv2dvd pra converter arquivos FLV para DVD. Pra isso faça o seguinte:

1) Edite seu arquivo /etc/apt/sources.list:

sudo gedit /etc/apt/sources.list

2) Coloque a seguinte linha no final do arquivo:

deb http://ubuntu.global-web.us/hardy binary/

3)Salve o arquivo e saia do editor.

4)No terminal digite o seguinte comando:

sudo apt-get update && sudo apt-get install flv2dvd

Com isso o flv2dvd estará instalado no seu sistema. Agora é só usar para isso faça:

1) Crie uma pasta e coloque seu(s) arquivos flv dentro.

2) Abra o terminal e vá até a pasta que criou:

cd pasta_com _flv

3) Ainda no terminal, rode o comando:

flv2dvd *

Com isso o programa vai gerar uma imagem de DVD pronta para ser gravada.

Essa eu vi no ubuntugeek.com

Linux: planejando um upgrade de memória.

Existem alguns comandos no Linux que permitem que você descubra informações preciosas sobre a memória instalada no seu sistema. Veja alguns deles:

O Comando Free

O comando free permite que você saiba o quanto de memória está sendo usado no momento pelo seu sistema. Abra o terminal e digite:

free -m

O resultado vai ser mais ou menos esse:


total used free shared buffers cached
Mem: 470 463 7 0 58 200
-/+ buffers/cache: 204 266
Swap: 1027 0 1027

A primeira linha mostra minha memória total 470 MB. Tenho 512 MB instalados mas tenho alguma perda por causa da placa de vídeo on-board.

A segunda linha, onde indica que o sistema está usando 204 MB de memória e tenho disponível 266 MB.

A terceira linha indica o uso do Swap, a partição Linux que é destinada a memória virtual, como no Windows. Aqui indica que tenho 1024 MB livre.

O Comando grep

Com o grep eu posso verificar o quanto de memória total eu tenho no sistema. Digite no terminal:

grep MemTotal /proc/meminfo

O resultado do comando será mais ou menos este:

MemTotal: 482044 kB

O comando dmidecode

Com o dmidecode eu descubro qual mais algumas informações valiosas, como o máximo de memória que o sistema suporta.

Segundo o fabricante do meu notebook, o modelo que tenho somente suporta 2 GB de memória. Pois bem, vamos ver se é verdade mesmo:

sudo dmidecode -t 16

dmidecode 2.9
SMBIOS 2.31 present.

Handle 0x0009, DMI type 16, 15 bytes
Physical Memory Array
Location: System Board Or Motherboard
Use: System Memory
Error Correction Type: None
Maximum Capacity: 4 GB
Error Information Handle: Not Provided
Number Of Devices: 2

O resultado aqui diz que meu sistema suporta 4GB de memória e de quebra me diz que o número de slots existentes no sistema são 2 (Number Of Devices: 2).

Ou seja posso colocar dois pentes de 2GB de memória em cada slot.

Caso tenha dúvida de quantos slots de memória você tem na sua máquina, digite no terminal:

sudo dmidecode -t17 |grep Size

Rodando este comando aqui eu tive esse resultado:

Size: 256 MB
Size: 256 MB

Isso indica que tenho somente 2 slots de memória para trabalhar.

Estes comandos ajudam, e muito, na hora de planejar um upgrade de memória. E o melhor, não é preciso abrir sua CPU pra ver o que diabo tem la dentro ;)

Fonte: cyberciti.biz

Firefox: abrir um link externo em uma aba.

Sou fâ do sistema de abas do Firefox.

Elas economizam espaço no desktop e também, poupam a memória do sistema, visto que não é necessário ter várias janelas abertas.

Mas uma coisa chata é abrir um link de uma página clicando com o botão direito e selecionar no menu a opção “Abrir em nova aba“.

Imaginando que existia uma solução mais prática que essa, encontrei no lifehacker.com algumas dicas, para abri os links diretamente em novas abas.

  • coloque o mouse sobre o link e clique com a bolinha do mouse;
  • segure a tecla CTRL no teclado e abra o link clicando com o botão ESQUERDO do mouse.

Lembrando que os links abrirão em abas no background no Firefox.

Fonte: Keyboard Shortcuts: More Firefox tab shortcuts.

3D: Escaneando um modelo feito de Lego com leite e uma webcam

A idéia parece ser estranha, mas funciona.

Friedrich Kirschner criou esse método de escanear modelos usando somente uma Webcam, uma vasilha, um modelo feito em Lego e leite.

O processo é simples: coloca-se o modelo dentro da vasilha e vai se adicionando o leite aos poucos (isso ta parecendo receita de bolo!). A webcam fica fixada em cima da fasilha. Após cada vez que se adiciona o leite, ele tira uma foto do modelo. É um processo trabalhoso mas o resultado vale a pena.

Veja o vídeo de como essa encrenca processo foi feito.

Microblogs: 3 opções para atualizar Twitter, Jaiku, Pownce e outros serviços de uma vez só

Fato: os microblogs vieram pra ficar.

Tanto é que existem algumas opções de sabores: o capenga Twitter, Jaiku e Pownce. Mas quem se contenta com um só? Existem várias pessoas que tem conta nos três serviços e é ai que mora o problema: como manter todos atualizados uma só vez?

Encontrei 3 opções:

1) Usar o HelloTxt

O HelloTxt é um serviço que atualiza esses três microblogs e ainda posta em contas do Facebook, Myspace e Bebo. O sistema é facil de usar e é gratuito.

2) Usar o Twitterfeed + OpenID

Stan Schroeder do site franticindustries.com, postou um artigo de como usar o Twitterfeed juntamente com o OpenID para fazer essa atualização simultânea desses microblogs.

3) Usar o Imified.

O Imified é um serviço no qual permite que você envie mensagens diretamente do seu programa de mensagem instantânea. Ele suporta o MSN, Jabber, GTalk e AIM. Ao criar uma conta no Imified, você seleciona widgets que serão usados. É só ativar suporte aos microblogs onde você tem conta e sair mandando mensagens.

Essas são algumas opções que encontrei, mas com certeza devem existir mais algumas. E você, conhece outras soluções para “microbloguear” em vários cantos ao mesmo tempo?

Ubuntu 8.04: trabalhando com duas telas usando placas de vídeo ATI

Com a ATI melhorando a qualidade dos seus drivers, a tendência é que a configuração das placas de vídeo fiquem mais fáceis.

Infelizmente a ATI não chegou no mesmo nível da NVídia mas, já dá pra se fazer algumas configurações avançadas sem ter que editar o arquivo xorg.conf na unha como antigamente.

Essa configuração que fiz foi usando o meu valente notebook HP Pavilion ze2430. Ele vem equipado com uma placa de vídeo ATI Xpress 200M. Para ativar as duas telas é necessário que você já tenha instalado o driver da placa de vídeo. Veja meu artigo anterior como fazer isso.

Com o Driver instalado, abra o terminal  e digite:

<code>sudo cp /etc/X11/xorg.conf{,-original}</code>

Essa linha cria um backup do arquivo original. Caso dê algum problema renomeie ele para xorg.conf. Após isso, digite:

<code>sudo aticonfig –dtop=horizontal,reverse</code>

Esse comando vai fazer ativar o monitor externo em modo, em modo de tela extendida (também conhecido como xinerama). O parâmetro –dtop=horizontal,reverse diz que a posição do monitor externo está a esquerda do monitor principal.

Caso o seu monitor externo esteja a direita do monitor principal, digite no terminal:

sudo aticonfig --dtop=horizontal

Existe um porém, a resolução do monitor externo será compatível com a resolução máxima do monitor principal, no meu caso a resolução do meu monitor externo ficou em 1024×768. Como o monitor que uso é  um Flatron de 17 polegadas a resolução máxima seria de 1280×1024.

Usando duas telas em modo Dual Head

Caso queira usar o modo Dual Head, com duas telas funcionado como dois desktops independentes, digite essa linha no terminal:

sudo aticonfig --initial=dual-head --screen-layout=horizontal

No modo Dual Head, o monitor externo ficará em sua resolução máxima.

Resultado das modificações

Inependente de qual modo de uso você ativar, irão aparecer algumas mensagens no terminal:

Found fglrx primary device section
Found fglrx secondary device section
Using /etc/X11/xorg.conf
Saved back-up to /etc/X11/xorg.conf.1

Se tudo der certo, você verá essas mensagens acima. Elas indicam que foram encontrados os dois dispositívos de vídeo, que foi usado o arquivo xorg.conf e que o arquivo não modificado foi guardado em /etc/X11/xorg.conf.1

Para ver se tudo deu certo reinicie o X com CTRL + ALT + Backspace ou reinicie a máquina. Ao reiniciar você verá que seu monitor externo será ativado e a resolução irá depender de qual tipo de modo você ativou.

Mas nem tudo são flores.

Não consegui ativar o modo Dual Head de modo que o monitor externo fique a esquerda do monitor principal.

Para outras configurações avançadas, leia a ajuda do comando aticonfig, digitando no terminal:

aticonfig --help

Dúvidas ou sugestões, deixem um comentário.