Arquivo da tag: Tutorial

Tutorial: Instalando o Opentape

Atenção: Colocar arquivos de áudio disponíveis ao público sem permissão ou sem pagar os direitos autorais é considerado ilegal. Não nos responsabilizamos por qualquer problema jurídico que ocorra neste sentido.

Para instalar o Opentape você precisa de:

  • Um servidor Web com PHP5, de preferência Linux (outras marcas pesam no estômago)
  • O pacote do Opentape (que você pega aqui)
  • Um programa de FTP


Modo de Preparo:

Pegue o pacote do Opentape e extraia no seu desktop. Será criado uma pasta com o nome opentape.

Com o programa de FTP envie a pasta para o servidor.

Com a pasta já no servidor abra seu navegador e digite o endereço onde está a pasta:

http://seu_site.com.br/opentape

Feito isso abriá uma janela para colocar sua senha.

Colocada a senha você verá uma tela como essa:

Painel de controle do Opentape

Painel de controle do Opentape

A configuração do Opentape é bem simples. Temos duas abas de configuração. A principal (Edit Tape) e a de Configurações (Settings).

Na pagina principal do painel de controle (Edit Tape) tem uma parte chamada “The Basics“. Lá você coloca o título (Title) para a “fita” e uma descrição (Caption).

Aqui também tem uma opção para você selecionar uma cor para o topo do site (Color).

Opentape The Basics

Opentape The Basics

Logo abaixo temos a opção “Upload Songs“. Aqui é onde enviamos os arquivos MP3 para o servidor. Aqui podemos enviar músicas até 7mb acima disso recomenda-se enviar diretamente usando um progama de FTP. Caso queira enviar a música por FTP, abra o programa e abra a pasta “opentape” (ou o outro nome que usou) que está no servidor. Abrindo essa pasta selecione a outra pasta chamada “songs” e coloque o MP3 lá.

Opentape Upload Songs

Opentape Upload Songs

Logo abaixo temos a opção “Rearrange Songs“. Nela organizamos a posição das músicas no playlist. Pra fazer isso simplesmente clique e arraste a música para a posição desejada.

Abra a aba Settings. Aqui temos poucas opções, a primeira é “Sharing / Network Features“. Nessa opção temos duas caixas de seleção:

Display direct MP3 links on mixtape” essa opção, se ativada, coloca um link para fazer o download do MP3.
Automatically check for updates to Opentape (weekly)” essa opção checa, semanalmente, se existe algum upgrade do Opentape.

Abaixo temos a opção “Embed Your Mix“. Aqui podemos colocar um player em flash em um site/blog, contendo o playlist que você criou. Para fazer isso é só copiar o código que está abaixo e colar no seu site/blog.

Por ultimo temos a opção “Change Your Password”. Aqui podemos mudar a senha para o painel de controle do Opentape.

Lembrando novamente: a responsabilidade é SUA pelo conteúdo que disponibilizar publicamente via Opentape, bem como as implicações legais que isso acarreta.

Sobrevivendo com Linux: 10 – Ativar o suporte a arquivos MP3 e DVD

Neste episódio de Sobrevivendo com Linux: vamos instalar o suporte a criação e reprodução de arquivos MP3. E de quebra, vamos instalar também o suporte para tocar DVDs com menus.

Por problemas burocráticos, o suporte a essas mídias não é instalado por padrão em muitas distros (as várias versões de Linux que existem também são chamadas de distros ou distribuições), inclusive no Ubuntu. Porém podemos instalar o suporte a eles manualmente. Veja como:

Veja a lista de pacotes usados nesse episódio:

  • kubuntu-restricted-extras
  • lame
  • libdvdread3
  • libdvdcss2

Você pode usar o Synaptic ou o Adept para instalar esses pacotes, ou usar esse comando no terminal para instalar tudo em uma paulada só:

sudo apt-get install lame kubuntu-restricted-extras libdvdread3 libdvdcss2

Sobrevivendo com Linux: 9 – Instalando programas via terminal

Neste episódio de Sobrevivendo com Linux: Instalando programas, também chamados de pacotes, via terminal.

Executar algumas tarefas no terminal acaba sendo muito mais rápido do que usando qualquer outro programa, acredite! Uma dessas tarefas é instalar programas. Fazer isso via terminal acaba sendo insanamente mais rápido do que usar o Synaptic ou o Adept. Veja como:

Digite ou copie e cole esses comandos no seu terminal:

0) atualizar lista de servidores, faça isso antes de instalar qualquer pacote:
sudo apt-get update

1) instalar pacote:
sudo apt-get install NOME-DO-PROGRAMA

2) remover pacote:
sudo apt-get remove NOME-DO-PROGRAMA

3) procurar um pacote:
sudo apt-cache search NOME OU DESCRIÇÃO DO PROGRAMA

Dica extra:

Caso você queira forçar uma atualização do sistema no terminal é só digitar esse comando no terminal:

sudo apt-get dist-upgrade

Para cancelar qualquer operação use aperte a tecla CTRL + C.

Gnome-go: finalmente um ‘lançador’ decente para o Linux

Eu usava o Quicksilver no Mac OS X.

Quando descobri o que ele podia fazer fiquei maravilhado. Pra quem não conhece ele é, a grosso modo, um lançador.

Como assim?

Você abre o programa, digita o inicio do nome do arquivo ou programa que você quer abrir e ele abre. Parece idiota, mas é uma maneira extermamente rápida de você agilizar o seu trabalho.

No Ubuntu 7.10 existe um lançador chamado Deskbar, mas não achei ele tão funcional quanto o Quicksiltver.

Também testei o Katapult para o Kde. Mais uma descepção. Infelizmente esse também, apesar de lembrar muito o Quicksilver nem chegava perto do original.

Mas hoje eu achei o Gnome-go. Ele é feito em Mono e funciona da mesma forma que o programinha pra Mac OS.

Veja o vídeo e entenda o porquê esse negócio funciona bem:

YouTube – Gnome do

Quer instalar ele no seu sistema? É simples:

1) No Ubuntu é só adicionar essas linhas no seu sources.list:

deb http://ppa.launchpad.net/rharding/ubuntu gutsy main
deb-src http://ppa.launchpad.net/rharding/ubuntu gutsy main

2) Abra o terminal e cole essa linha:

sudo apt-get update && sudo apt-get install gnome-do

É só isso!

Para ativar o danado, é só apertar a tecla “Super” (a famigerada tecla Windows do seu teclado) mais a barra de espaço.

Se não quiser usar a essa tal tecla, assim como eu (creio que se eu apertar ela vai azedar o leite aqui em casa…), você pode mudar a tecla de atalho via gconf-editor. Pra isso abra o terminal e digite:

gconf-editor

Abrirá a tela de configurações avançadas do Gnome. Lá vá em:

apps->gnome-go->preferences

Selecione a chave chamada “key binding” e clique em “Editar” no menu superior da tela. Após isso, mude a chave com as teclas que você quiser. No meu caso eu mapeei as teclas Ctrl + Space. A edição da chave fica assim:

<ctrl>space

Feche o editor.
Agora aperte as teclas que você configurou e você verá o lançador pular na sua tela.

Mais informações sobre o Gnome-do é só visitar o site do programa

Gmail: Ativando suporte ao IMAP para usuários Brasileiros.

Quer ativar o suporte a IMAP no seu Gmail? É facil!

É só mudar a linguagem da interface do Gmail para English-US e o botão Forwarding and POP/IMAP aparecerá no seu painel de controle. Depois ative a opção Enable IMAP.

Essa não é uma solucão elegante, mas funciona. Espero que o Google resolva esse problema nos proximos dias.

Se tiver dificuldade para configurar seu cliente de email veja meu post anterior sobre Gmail + IMAP. Tem um video que vai te ajudar.

Mais informações no Help Center do Gmail

Mais uma Vergonha Nacional!

O Og Maciel deu a dica em seu blog deste vídeo.

Mais uma para a coleção de absurdos que acontecem aqui nesse país. Deus do Céu, quando é que esse povo vai acordar e fazer alguma coisa, além de ver novela e comentar  dos BBBs da vida????

Infelizmente, nós, brasileiros não somos unidos. Não temos senso de patriotismo e de bem comum. O que vale só é a lei da mais-valia. Absurdo.

São nessas horas que me dá vergonha de ser brasileiro.

Powered by ScribeFire.