Vergonha Cultural

Cultura é algo caro.

Não só cinema, mas revistas teatro e, principalmente livros. Como se não bastasse, o mercado editorial é algo bem distante de ser inclusivo. Agora imaginem a seguinte situação: Você publica um livro, usando sua própria grana, ganha o prêmio Prêmio Cora Coralina para autores inéditos, mas não consegue vender um livro sequer.

O que você faria? É o que está contecendo com o autor do livro “A Guerra de Juquinha e Outras Guerras“, Manuel de Jesus Lima. Ele escolheu doar os livros.

Uma atitude muito louvável do autor. Lógico que ele irá perder uma fábula em dinheiro com isso, mas essa é uma escolha muito melhor do que queimá-los.

Infelizmente, esse país não lê, não gosta de ler e nem se interessa por isso. A grande maioria prefere ficar vendo seus BBBs da vida, babando no sofá.

Dou parabéns ao autor pela obra e pela iniciativa.

Para quem se interessar em pegar os livros, ligue (61) 3435-4120 ou 8404-9375.

Essa notiícia eu vi no Verdes Trigos

Os fantasmas e UFO`s de Steven Spielberg

Steven Spielberg

Até parece um título de uma série para tv, mas não é.
S

Spielberg lancará uma rede social para os interessados em compartilhar experiências com fantasmas e E.Ts.

Segundo o Techcrunch, Spiellberg já teve experiências relacionadas com fantasmas. Existe uma história em que ele ‘picou a mula’ do hotel em que estava (por ter visto um fantasma).

Agora está explicado de onde ele tira idéias para os seus projetos.

Se quiser saber mais sobre essa conversa de que Spielberg deu no pé, veja o site Misterious Glow e procure The Excelsior House

Feliz Natal e capa no Batman!

Primeiramente, quero pedir desculpas pelo sumiço… Estou a alguns dias off-line por motivos de saúde. Assim que estiver melhor eu retornarei a escrever meus artigos por aqui.

Em segundo lugar, quero desejar um excelente Natal a todos! Peguem leve nas bebidas e não se esqueçam de colocar capa no Batman!

Powered by ScribeFire.

Bruxa de Blair + Alienígenas = Cloverfield

Cloverfield é o mais novo filme de J.J. Abrams, pra quem não conhece esse cara, ele é o produtor da série Lost.

Esse filme conta a estória de uma invasão alienígena pela visão de um civil filmando tudo com uma câmera portátil.

Esse é o mesmo esquema que usaram pra fazer o filme A Bruxa de Blair. Desta vez o negócio vai muito além do terror psicologico do seu antecessor e aposta pesado nos efeitos especiais.

Veja o trailer:

Cloverfield estreia dia 18/1/2008 nos Estados Unidos.

HelloTxt: uma mão na roda para usuários de microblogs

Os microblogs viraram moda.

São muitas opções e muitos recursos diferentes. Eu mesmo já uso o Twitter e o Pownce. Mas manter os dois atualizados é uma coisa complicada.

É nessa que entra o HelloTxt. É um webapp que permite que você possa enviar o mesmo texto para vários microblogs: Twitter, Jaiku, Pownce, tumblr, Meemi, frazr, beemood e outros.

Esse com certeza vai para o bookmark.

Essa eu vi no http://www.teknobites.com/

Powered by ScribeFire.

Trackback legítimo ou mais uma dos spammers?:

Essa eu realmente fiquei na dúvida.

Recebi dois trackbacks de um site chamado linux.x7g.net. Porém fiquei intrigado com uma coisa: os dois posts que foram escritos começavam da mesma maneira:

…wrote an interesting post today on
Here’s a quick excerpt:

A partir dai o artigo continha um trecho do meu post. Isso acontecia para o nos dois artigos.

Vendo o site percebi que todos os posts foram copiados automaticamente. Muito provavelmente usando o Google para fazer as pesquisas.

Muito estranho… Ou isso é mais uma forma algum spammer conseguir acesso para postar suas propagandas, uma prova de conceito ou é um cara que não tem nada para escrever e coloca posts automáticos em seu site…

Estranho… muito estranho mesmo…

Powered by ScribeFire.

Adobe vs. Google: editor de texto

Quem diria que a Adobe iria criar uma concorrência com o pessoal do Google?

Pelo menos com o editor de textos do Google arrumaram. Eles estão fazendo um Beta Público para o seu editor de textos on-line chamado Buzzword.

Não testei o aplicativo, mas parece que usa o Flash ao invés do Ajax.

Resta saber se ele vai ser tão popular quanto e se vai ser tão barato quanto o seu concorrente direto.

Powered by ScribeFire.

Opera Mini: transformando seu telefone em um iPhone

A versão nova do Opera Mini traz recursos pra nenhum iPhone botar defeito:

  1. Sites em fullscreen
  2. Visualização em modo Landscape
  3. Backup de Bookmark (deve ser feita uma conta no site da Opera. Não se preocupe é gratuito)
  4. Mais uma série de melhorias

Com esses recursos do Opera Mini mais um cartão e memória de 2 gigas , ou mais, será que ainda vale a pena pegar um iPhone?

Para mais informações e download no site.

Powered by ScribeFire.

Teste rápido: Flock

O Flock é um navegador web  voltado para quem usa as vários serviços de redes sociais. Isso não quer dizer que ele possa ser usado para uma navegação por pessoas comuns, mas a interface dele parece um pouco poluida de mais para quem não sabe o que está fazendo.

Para Blogueiros é uma boa? Sim. Mas ainda precisa de um pouco de lapidação. Mas com o pouco que testei já pensei  em substituir o ScribeFire por ele para editar meus posts.

Adicionar meu blog à lista de redes sociais do Flock foi muito fácil e rápido. Foi só colocar a URL do site mais login e senha que o Flock já identificou que o sistema era um WordPress e já adicionou ele a lista.

O Editor de posts,  conta com uma parte para tags e uma área chamada web clipboard, onde você usa o sistema de arrastar e soltar para adicionar links textos e imagens, nos quais você irá usar no seu texto. Essa sim é uma ótima sacada para economizar tempo.

Os recursos de acesso a outras redes sociais são mostrados como uma lista de links separados por categoria. Nada que um bom bookmark não fizesse igual. Faltou um pouco de imaginação nessa parte. Para um usário de Flickr, Twitter, Facebook e outras redes ele não oferece algo que seja realmente um diferencial ou que salve seu tempo.

A proposta do Flock é interessante mas ele ainda tem que percorrer um longo caminho para conseguir mostrar à que veio.

Pra quem quiser testar o Flock, só fazer o download aqui

Tags: , ,

Como se virar sem Linux…

Man Vs Wild

Não tem jeito. Quando você está viajando ou algo do tipo a unica solução quando não se pode levar seu desktop, é usar uma máquina com Windows.

Porém existem vários programas, open source, nos quais você pode gravar um cd para usar no ambiente Windows. Como eu desenvolvo sites eu uso normalmente o Gimp, o Notepad ++ e o Firefox para trabalhar enquanto estou fora.

Existem os sistemas que rodam via CD. Eles são bem funcionais mas para usar em uma máquina com 512 de memória, o que é padrão hoje em dia, fica muito dificil.

Qualquer dia eu experimento uma distro que rode direto do pendrive. Mas enquanto isso não acontece, eu vou ter que me virar usando meu CD que chamo carinhosamente de “kit de sobrevivência”.

E você o que você tem no seu “kit de sobrevivência”?